Emprego mais fofo do mundo!

Quem quer ser babá de panda? 
A vaga de “babá de panda” tem sido comparada pelos seus recrutadores ao “melhor emprego do mundo”  –o de zelador de uma ilha paradisíaca na Grande Barreira de Coral na Austrália. Mas, ao contrário da oferta australiana, o empregado não fica isolado durante o período de trabalho. Como babá, ele terá a companhia de pandas fofos (bota fofura nisso!) por 365 dias ininterruptos.
Se você quer se candidatar ao emprego “mais fofo do mundo” (e relativamente bem pago), saiba que é preciso ter alguns pré-requisitos básicos. Afinal, ser babá de pandas não é para qualquer um: menos de 2.500 animais da espécie vivem no mundo.
Segundo o “China Daily”, o Centro de Pesquisa e Proteção dos Pandas Gigantes da cidade de Ya’na, na província chinesa de Sichuan, recruta pessoas apenas com 22 anos ou mais. Elas devem ter boas habilidades na escrita e na fotografia, além (é claro) de conhecimentos básicos sobre os pandas.
O centro paga um salário polpudo de cerca de 200 mil yuans por ano (R$ 71 mil/ano ou cerca de R$ 5.900/mês) para uma “babá de panda”. A “babá de panda” também poderá dirigir um SUV (veículo utilitário esportivo, também conhecido como carro grande, bonitão e possante) e terá alimentação e moradia gratuitas.
Os pandas são tão fofos que tem gente até que dispensa pagamento para ficar perto deles (lógico que não, é para salvar a espécie). Cerca de 80% dos trabalhadores do centro são voluntários –a maioria deles do Japão, Europa e Estados Unidos. 
Mais informações no site Sohu
Tirado do site Uol
Comentários

Deixe uma resposta