Kanamara Matsuri – Festival da Fertilidade no Japão

Ontem (05/04) centenas de japoneses participaram do Kanamara Matsuri, o festival de culto ao pênis (ou festival da fertilidade) . 
A atração principal do Kanamara Matsuri é uma procissão com estátuas de pênis gigante, que é carregado por mulheres e homens vestidos com roupas femininas. O ritual celebra a fertilidade e tem como objetivo conscientizar e arrecadar dinheiro para a prevenção de doenças sexuais transmissíveis.

A origem da celebração remonta ao período em que prostitutas de Kawasaki rezavam para o pênis de aço pedindo sucesso em seus negócios e proteção contra doenças sexuais.
A escultura que tem cerca de 2,5 mt de altura e pesa 280 quilos, é colocada sobre um altar e transportada em ombros até ao túmulo da Tagata Shinto, que fica no templo da deusa Takeinadane-mikoto, deusa da fertilidade. Centenas de pessoas passam pelo festival, incluindo muitos estrangeiros curiosos que vão até lá dar uma espiadinha.

 O desfile começa por volta das 11 horas da manhã e termina no Templo Kawasaki Daisha. No templo, há vários totens xintoístas em forma de pênis, esculpidos em pedra, ferro e madeira. É ali que as mulheres colocam plaquinhas de agradecimentos pelos pedidos atendidos ou com desejos como ter filhos ou uma gravidez tranquila.

No Japão, há outros festivais da fertilidade, além do Kanamara Matsuri como o Hime no Miya e Hounen Matsuri, celebrado todos os anos durante o mês de março em duas cidades japonesas da província de Aichi: O Hime no Miya ocorre em Inuyama no dia 14 e o Hounen Matsuri é realizado em Nagoya no dia 15.
Comentários

Deixe uma resposta