Leão sente a grama pela primeira vez após ficar 13 anos preso em jaula de circo

Will, um Leão que viveu por mais de 13 anos enjaulado e usado como atração de um circo no Rio de Janeiro.

A equipe do Rancho dos Gnomos que fica em Cotia (SP) encontrou o leão em um compartimento de aproximadamente 2,50cm x 1,50cm, “totalmente cimentado e com pouquíssima luminosidade”. Segundo a organização, o animal estava “apático e com inflamação nos olhos.

Após ser resgatado pela equipe, Will foi solto em uma área maior onde pudesse se movimentar melhor.

Foi então que ele percebeu que embaixo de suas patas havia algo que ele não sentia há mais de uma década: GRAMA!

Segundo o site oficial, o Rancho acolhe em sua sede cerca de 230 animais (leões, onças, bichos-preguiças, veados, araras, papagaios, macacos, lontra, cães, gatos, entre outros).

Segundo a equipe do santuário, o resgate de Will aconteceu em 2005, mas o vídeo foi divulgado pelo instituição apenas no último sábado (9) como parte de uma campanha para arrecadação de recursos para o Rancho.

Vi AQUI

Comentários

Deixe uma resposta