11 curiosidades sobre o ” 11 de Setembro”

11 curiosidades sobre o “11 de setembro”, dia de uma das maiores tragédias do século XXI: o atentado ao World Trade Center, que talvez você não saiba, confira:

1. Depois de 11/9, os membros da tribo Masai, do Quênia, doaram 14 vacas para os EUA para ajudar com as consequências do atentado. Para o Masai, a vaca é igual a vida.

2. Em 11/09, quando todos os transportes da cidade foram fechados, proprietários de barcos conseguiram transportar mais de 500.000 pessoas da Ilha de Manhattan em um ato incrível conhecido como o “9/11 Boatlift”.

3. Em 11 de setembro de 2001, John Perry estava na sede da polícia arquivando seus documentos de aposentadoria quando foi notificado sobre o primeiro avião atingindo a primeira torre. Ele correu para o local para ajudar com as operações de resgate e foi morto quando uma das torres desabou. Ele era o único oficial de folga morto no atentado.

4. Em 11/09, após o primeiro avião atingir a Torre Norte, as pessoas na Torre Sul queriam sair, mas foram aconselhadas por um anúncio a ficar em suas mesas. Os que tentaram sair de qualquer maneira foram afastados pela segurança no prédio. Cerca de 1.120 deles morreram.

5. A rainha da Inglaterra autorizou os Coldstream Guards a quebrar o protocolo e tocar o hino nacional dos Estados Unidos durante a troca da guarda, dando algum conforto para os americanos retidos em Londres devido ao fechamento dos aeroportos.

6. Cães de resgate encontraram tão poucas pessoas vivas que acabaram ficando estressados. Voluntários tiveram que fingir estar entre os destroços para manter os cães animados.

7. O líder afegão Ahmad Shah Massoud, que lutou contra os soviéticos na década de 1980, era contra uma interpretação fundamentalista do Islã. Ele foi assassinado dois dias antes do atentado, após o aviso de um grande ataque terrorista definido para acontecer nos Estados Unidos.

8. A empresa que era proprietária do World Trade Center tinha agendado uma reunião para o 11/09 no 88º andar da Torre 1 para discutir o que fazer em caso de um ataque terrorista, mas remarcaram na noite anterior porque um participante não poderia comparecer.

9. A comunidade muçulmana Ahmadiyya recolheu 11.170 litros de sangue (o suficiente para ajudar a salvar 30 mil vidas) em honra às vítimas de 9/11.

10. Um cão-guia calmamente levou 30 pessoas para baixo do World Trade Center, apesar da confusão, fumaça e ruído em torno dele. Uma vez seguro, o cão, em seguida, ajudou uma mulher que estava cega pelos destroços.

11. A Sky News UK inicialmente informou que “toda a costa leste dos Estados Unidos tinha sido dizimada por um ataque terrorista”.

Fonte

Comentários

Deixe uma resposta