Estudantes imitam pinturas de livros medievais…

…e o resultado é incrível!

Aqueles de nós que estudamos na faculdade podem se lembrar dos momentos incrivelmente divertidos que tivemos com nossos colegas de curso. No entanto, duvido que, no nosso tempo livre, qualquer um de nós tenha feito algo tão estranho quanto um grupo de estudantes da República Tcheca.

Um grupo de estudantes tchecos tem a compreensão mais estranha de lazer que vimos até agora. Eles decidiram recriar cenas estranhas e bizarras encontradas em ilustrações de livros medievais. E sabemos como os artistas da Idade Média estranhamente viam o mundo à sua volta.

Leia mais… »

The Ridges ou Lunatic Asylum Atenas : Um dos lugares mais aterrorizantes do mundo

The Ridges foi rebatizado após o estado de Ohio adquirir a propriedade,originalmente conhecido como o Lunatic Asylum Atenas.

   Entre 1874 e 1993 Lunatic Asylum Atenas foi um asilo, tratando os mais diversos tipos de pessoas, desde crianças, criminosos, doentes mentais e veteranos de guerra.
   O asilo fazia centenas de lobotomias (intervenção cirúrgica no cérebro usada no passado em casos graves de esquizofrenia,leucotomia, atualmente em desuso)  e muitas vezes declarou que masturbação e epilepsia eram as causas da demência nos pacientes.

   Existe cerca de mil e setecentas campas que se encontram atrás do edifício principal. Sem ninguém que se importasse com eles, os pacientes que morriam dentro do perímetro do Asilo foram enterrados em campas sem qualquer tipo de identificação, permanecendo para sempre no terreno que tanto devem ter odiado. 

   Está listado como o 13º lugar mais assombrado do mundo, segundo a Sociedade Britânica de Pesquisas Psíquicas. Dizem que a Universidade de Ohio, vizinha do Ridges, é fortemente assombrada. Um estuprador famoso, Billy Milligan, foi alojado na unidade há muitos anos. Porém, a história mais famosa é da paciente Margaret Schilling,54 anos que fugiu e ficou desaparecida por seis semanas. Ela foi encontrada morta em uma ala não utilizada do hospital; tinha tirado todas as suas roupas, dobrado-as, e deitado no concreto frio, onde morreu posteriormente. Através de uma combinação de decomposição e exposição ao sol, o seu corpo deixou uma mancha permanente no chão, ainda visível hoje. Dizem que seu espírito assombra a ala abandonada.
   O edifício onde Margaret morreu é o único que continua fechado atualmente.  

 

Veja mais vídeos no Youtube

Fonte

Conheça Ella Harper

Ella nasceu com os joelhos para trás e era atração de circo em 1886.

A maioria das fontes indicam que Ella Harper nasceu em Hendersonville, Tennessee, nos EUA, por volta de 1870, apesar de alguns relatos conflitantes.

Também foi revelado que Ella tinha um irmão gêmeo, que morreu muito cedo. A única informação unânime, no entanto, é o fato de que Ella nasceu com uma condição ortopédica incomum, resultando em joelhos que dobravam para trás.

A condição impressionante é extremamente rara e relativamente desconhecida, no entanto, os médicos modernos classificariam sua condição a uma forma muito avançada de “genu recurvatum congênita” – também conhecida como hiperextensão do joelho. Seus joelhos dobrados excepcionalmente para trás, juntamente com a sua preferência de andar de quatro, resultou em um apelido atribuído a ela: a menina camelo.

Em 1886, Ella foi a estrela de um circo, muitas vezes aparecendo acompanhada de um camelo quando apresentada ao público. Ela era uma figura marcante nos jornais de todas as cidades visitadas pelo circo. Esses jornais denominavam Ella como “a mais incrível aberração da natureza desde a criação do mundo”, de forma muito pejorativa.

A parte de trás do cartão de apresentação de Ella, de 1886, é muito mais modesta em suas informações: “Eu sou chamada de ‘menina camelo’ porque meus joelhos viram para trás. Eu ando melhor com minhas mãos e pés como você vê na imagem. Tenho viajado consideravelmente com o show business, nos últimos quatro anos, e agora, é 1886 e tenho a intenção de sair do show business e ir para a escola, tendo outra ocupação”.

Parece que Ella, de fato, passou para outros empreendimentos, e seu alto salário abriu muitas portas. Por algum tempo não houve nenhuma informação disponível sobre Ella mas, recentemente, um genealogista conseguiu não só traçar a árvore genealógica de Ella, como também fornecer algumas informações a respeito de sua vida depois de completar os estudos.
Em 28 de junho de 1905, Ella Harper casou-se com um homem chamado Robert L. Savely, um professor da escola que cursou. A empresa Census, descobriu que, em 1910, eles viveram em Nashville, Tennessee, com a mãe da garota. Também revelou que Ella e seu marido tinham adotado uma criança de 3 meses de idade, que faleceu apenas 18 dias mais tarde.

Também sabemos agora que Ella morreu de câncer de cólon em 19 de Dezembro 1921, em Nashville, Tennessee e que ela foi enterrada no Spring Hill Cemetery, também em Nashville.

Outras informações sobre sua vida e trajetória permanecem um mistério e pouco se sabe sobre o que ela fez após abandonar o circo.