Notícia tensa da madrugada

Ladrão viciado em chocolate é condenado à prisão macabra

Ele foi pego tentando roubar caixas de chocolate e foi parar na pior prisão da Colômbia

Um ladrão viciado em chocolate foi condenado à cinco meses de prisão em uma das prisões mais macabras da Colômbia.
Luis Augusto Mora é um chocólatra confesso e foi flagrado roubando duas caixas de um chocolate local na capital Bogotá.

La Picota é a prisão mais precária do país e os piores criminosos estão lá dentro!
Com atitude tão severa, o povo ficou chocado com a gravidade da pena do
colombiano. Até mesmo o presidente Juan Manuel Santos disse que casos
insignificantes como esse não podem ser levados tão a sério.
De acordo com autoridades, Mora disse que está profundamente arrependido
e jurou nunca mais tocar em um chocolate se quer! Pro resto da vida…

HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA sem comentários

Esquisitices do R7

Surpresa! Correios iniciam cobrança de taxa extra sobre produtos importados!

A partir de hoje, 2 de junho de 2014, os Correios estão cobrando do destinatário uma taxa extra de R$12,00 sobre todas as encomendas postais vindas do exterior e que forem tributadas pela Receita Federal.

Encomendas Internacionais

A seguir, a nota oficial dos Correios a respeito deste assunto.

Informamos que para as encomendas acompanhadas da Nota de Tributação Simplificada – NTS haverá a cobrança da Taxa para Despacho Postal. A cobrança terá o valor de R$ 12,00 (doze reais) por objeto e ocorrerá no momento do recolhimento dos tributos (Imposto de Importação e ICMS) nas Agências de Correios.As remessas destinadas a pessoa físicas com valor aduaneiro de até US$ 500,00 (quinhentos dólares americanos), ainda que recebidas a título gratuito, são desembaraçados mediante o pagamento do Imposto de Importação (II) lançado na NTS, com aplicação da alíquota única de 60% sobre o valor aduaneiro. Esse encargo é estabelecido pela Receita Federal do Brasil. Poderá também ocorrer à cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) por parte do Estado de destino da remessa.
O valor aduaneiro, sobre o qual incidirá o imposto, será a soma do valor dos bens integrantes da remessa postal, acrescida do custo de transporte (tarifa postal), bem como do seguro relativo a esse transporte (seguro postal, se houver).
A encomenda acompanhada da NTS é encaminhada para Agência dos Correios mais próxima do domicílio do destinatário/importador, onde será realizada a entrega do objeto após o recolhimento dos tributos e do pagamento da Taxa para Despacho Postal.
Para mais informações, acesse Importações de até US$ 500,00.


Surpresa! Bú!!!

Pois, é… parece até mentira, mas não é. A imagem ao lado mostra a prova do “crime” (taxa de despacho postal no valor de R$12)!
notaFiscal_cobranca-12Todos aqueles que forem tributados pela Receita Federal (ou seja, realizarem compras internacionais via remessa postal acima de US$50 e inferior a US$500), terão que desembolsar um valor extra de R$12 reais no momento em que comparecerem aos Correios para retirar a encomenda! E caso não paguem pelo “resgate”, PNSC! Não poderão levar a mercadoria #PerdeuPlayboy
Os Correios alegam que o valor cobrado teria como objetivo cobrir os gastos operacionais na nacionalização das encomendas internacionais.
Isto é o que podemos chamar de taxa da incompetência. Não bastasse toda a burocracia, lentidão, preços extorsivos e extravio de mercadorias, agora, somos obrigados a pagar uma taxa extra pela incompetência dos Correios! #NumFodePorra
– Ah, e ainda será necessário se deslocar até a agência para fazer isso, após o recebimento do telegrama com o pedido do “resgate” 😉

Custos

Ao adquirir um produto de uma loja online no exterior, além de ter que pagar pelo frete, IOF (cartão de crédito ou débito), imposto de importação de 60% (que é aplicado inclusive sobre o valor do frete) e ICMS (dependendo do Estado em que vc estiver), agora, será necessário desembolsar mais essa taxa “surpresa” de R$12,00.
Apenas as remessas postais abaixo de US$50 é que estariam isentas da cobrança deste valor.

Nada é tão ruim que não possa ficar ainda pior!

O vídeo a seguir é uma pequena amostra da Via Crúcis enfrentada por aqueles que adquirem produtos no exterior.


Brazil zil zil

Fonte – Canal do otário